-->

Nesse mês:

Umbra: uma história de terror que vai fazer os fãs tremerem na base. Tenha medo. Tenha muito medo!

Imagens e png's

Imagens em boa qualidade e alta resolução para serem usadas em capas, montagens e onde mais sua imaginação mandar.

Jogos

Quebra-cabeças, jogo da memória, caça-palavras, palavras cruzadas e jogos dos sete erros. Hora de divertir e exercitar o cérebro!

Fanfictions

Fanfictions escritas por mim mesma sobre TMJ. Tem romance, terror, suspense, comédia, drama... é para rir, chorar e se emocionar!

Parceria

Unidos conseguiremos venceremos. Vamos formar uma grande família de blogs!

Pages

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

História do Ghost de Cebolinha para ler online

Boas notícias, pessoal. Aqui tem a história Ghost de Cebolinha para ler online. Eu não sei se a ed. 75 tem alguma relação com ela, pode ser que não tenha nada a ver uma coisa com a outra. Eu só mencionei essa história porque achei coincidência o Cebola morrer em ambas e do mesmo jeito, só isso. De repente, elas são parecidas somente nisso e nada mais.

Por outro lado, pode ser que nessa saga, aconteça de o Cebola ver a Mônica em perigo e tentar salvá-la lá. É só uma teoria, um palpite, mas não deixa de ser uma hipótese.

Download: Almanaque Cebolinha 71


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Lágrimas na chuva



Diferente de muitos fãs, eu não chorei e nem fiquei comovida com o fim da história. Quer dizer, eu estou adorando Umbra, melhor saga até agora, super demais, com tudo o que eu gosto, etc. mas acontece que eu sou meio casca grossa, entendem? Não é por mal. Ainda porque eu sei que ele vai ressuscitar no fim da história, então vou chorar pelo quê?

Para ser sincera, fiquei mais comovida com a morte da Mônica robô da ed. 73 porque no caso dela foi para sempre, um ato desesperado de alguém que preferiu morrer do que perder a única identidade que tinha.

Mas sei que muitos fãs choraram e confesso que até deu uma invejinha, porque conseguem se comover com a história sendo que eu precisaria de algo muito mais forte e dramático para pensar em chorar. Enfim...

Aqui está uma das cenas mais triste da TMJ: Magali, Mônica e Cascão chorando juntos e abraçados a morte do Cebola. Não podemos culpá-los, certo? já pensaram como é triste perder um amigo de infância? No caso do Cascão, pode-se dizer que o Cebola é praticamente um irmão pra ele, então imaginem a tristeza.

Aqui está a imagem desse momento triste. Tem quebra-cabeça e dois png’s diferentes. Um com o molhado e outro sem. 


domingo, 19 de outubro de 2014

Dois png's novos

Dia das Bruxas está quase chegando, então vou liberar dois png's para quem quiser fazer alguma montagem. Sabe, eu gostei tanto daquele teaser com a Dona Morte que resolvi desenhá-la com o novo visual. Confesso que ainda estou relutante com esse pano na cabeça dela, mas beleza. Ficou legal mesmo assim. Tem o png dela e da paisagem atrás dela. Também tem quebra-cabeça.


sábado, 18 de outubro de 2014

TMJ#75: Umbra mistério revelado?- Palpites




Para sagas grandiosas, capas grandiosas e de impacto. Sim, a capa da ed. 75 ficou super sinistra, apesar de eu achar que devesse ter ao menos uma corzinha porque esse tom meio puxado para sépia ficou um tanto monocromático para mim. Mas olhem só a pose de dono do mundo do Cebola ocupando o lugar do Porta-Voz! Já vi que essa história promete.

Então vamos a segunda parte de Umbra, que promete responder algumas perguntas e levantar outras. A primeira parte terminou com o Cebola caído no abismo. Pelo visto, ele bateu as botas mesmo e irá parar lá no outro lado. E quem irá recebê-lo? Dona Morte, igual ao que aconteceu naquela história Ghost de Cebolinha.

Eu já tinha falado sobre isso em outro tópico, de como as duas situações são bem semelhantes. Em ambas, o Cebola cai de um abismo e morre, é recebido pela Dona Morte e fará um passeio no outro mundo. Só falta saber depois como termina e como ele irá ressuscitar.

Por enquanto, ainda há outras perguntas: quem são os filhos de Umbra? E a tal serpente? Como a menina fada irá participar nessa história? E o Xavecão é mesmo o Xaveco do futuro? Ai ai... tantas perguntas...

Vamos ver se começamos do início. Tudo começou há vinte anos atrás quando a filha da mulher apelidada de Jumenta Voadora morreu por causa da travessura de sete pestes crianças. Depois, misteriosamente, essas crianças desaparecem e viram esses fantasmas chamados filhos de Umbra.

E depois a casa da Jumenta Voadora apareceu destruída por causa de um incêndio exceto por uma porta vermelha. O que causou esse incêndio? A mãe da fadinha morreu queimada? Como ela reagiu ao saber da morte da filha? Percebam que existe uma pequena lacuna nesse mistério, pois não sabemos o que deu sumiço nas sete crianças, causou o incêndio e nem o que aconteceu com a mulher dos tapaueres.

Então pode ser que exista um vilão maior nessa história, alguém que esteja por detrás disso tudo. Pode ser uma entidade demoníaca que ao ver como as crianças eram cruéis, as raptou para usá-las em suas maldades. Ou então pode ser a própria mãe da fadinha, que ficou cruel com a morte da filha. Ela pode ser o grande vilão ou então alguém empenhado em ajudar a resolver as coisas. De repente, o tal vilão pode ser a fadinha mesmo que voltou para se vingar. Temos que considerar as possibilidades.

No início eu pensei que os tais filhos de Umbra não fossem realmente do mal, porque tentaram avisar aos quatro que um estava para morrer e sobre a volta da tal serpente. Nos filmes de terror, quando um monstro, demônio, fantasma ou entidade do mal quer matar uma pessoa, geralmente não avisa. A criatura vai lá, mata e pronto. E observando os últimos quadrinhos da história, não pareceu que os filhos de Umbra tenham matado o Cebola.

O violinista não foi porque ele estava no palco tocando o violino. Sem falar que ele foi o primeiro a avisar o Cebola sobre o que podia lhe acontecer. A música dele é para anunciar a morte da pessoa, não para causá-la. Os outros estavam parados, como se estivessem contemplando algo. A fadinha também não deve ter sido porque a mão que apareceu atrás do Cebola parecia de uma pessoa adulta. Podia ser da mãe da fadinha, do verdadeiro vilão ou talvez da Dona Morte.

Eu imagino que Cascão, Mônica e Magali vão chorar muito com a morte do Cebola e tentar descobrir o que aconteceu com eles juntamente com o Xavecão. Mas é provável que o foco maior seja no Cebola e sua caminhada no outro lado da vida. Ele terá mais condições de investigar o mistério e saber a origem daquilo tudo. E, talvez, derrotar o vilão, ou os filhos de Umbra.

Na capa ele aparece sentado naquela cadeira com os filhos de Umbra ao redor. Nem sempre o que aparece na capa acontece na história, mas nesse caso pode ser uma pista. Se for mesmo verdade que essas crianças são apenas joguetes ou marionetes nas mãos de algo maior e mais cruel, então ele poderá libertá-las.

Em um dos seus teasers, Emerson diz que as três meninas são as mais perigosas porque dominam os reinos profanos. Isso pode indicar que eles são realmente vilões e agem por vontade própria. Então minha teoria de que na verdade são apenas escravos de um vilão maior vai para o ralo. Mas pode ser que eles sejam tão cruéis por estarem sendo aprisionados e controlados.

No filme sobrenatural 2 também aparece uma porta vermelha que nem nessa edição. Essa porta dá para uma dimensão sombria habitada por almas atormentadas. Será esse o lugar para onde o Cebola vai depois da morte? Afinal, ele não morreu de causas naturais. Foi uma tragédia e ele deixou muitos assuntos pendentes na Terra. Pode ser que aconteça que nem na história do gibi e ele precise decidir para onde quer ir, se para o céu ou para o inferno. Nessa mesma história, Dona Morte acabou dando um jeito de ressuscitá-lo fazendo com que ele voltasse no tempo momentos antes de cair no abismo, mas não sei se vai acontecer em Umbra.

Ah, e não vamos nos esquecer do misterioso Xavecão. O Emerson andou falando que ele é mesmo o Xaveco do futuro, todo turbinado e repaginado porque ele queria dar um jeito nele antes de deixá-lo ficar com a Denise. Se é mesmo verdade eu não sei porque de vez em quando ele brinca com os leitores. Mas supondo que ele seja mesmo o Xaveco do futuro, tem uma coisa que ficou inconsistente. Lembram quando ele encontrou a Denise e deu um beijo nela?

Pois bem: Ele sabe que viajou no tempo e foi para o passado? Sabe que está falando com a turma de um tempo anterior ao seu? Se sim, então a cena onde ele encontra a Denise e pergunta como ela conseguiu escapar de sei lá o quê não faz sentido, porque se ele sabe que está no passado, então deveria saber que, seja lá o que tiver acontecido com ela, ainda não aconteceu. Deveria saber também que no passado, eles ainda não estavam namorando, logo não fazia nenhum sentido ele dar um beijo nela daquele jeito. Essa parte ficou um tanto mal explicada.

O que conta um ponto a favor de ele ser mesmo do futuro foi sua fala sobre tudo estar se repetindo novamente. Pode ser que ele tenha viajado ao passado para evitar que tudo acontecesse, mas decidiu fingir ser outra pessoa para evitar perguntas que poderiam atrapalhar tudo, já que ele não poderia dizer por que estava ali. Já pensaram que estranho ele chegar no pessoal, falar que veio do futuro e que um deles ia morrer?

E nós pudemos ver o medo dele ao pedir que Deus lhe desse forças para ser capaz de suportar tudo aquilo e mudar o que estava para acontecer. E o fato de ele ter ficado preocupado quando deixaram o Cebola sozinho também é uma evidência dessa teoria de viagem no tempo, apesar de esse lance ser um tanto clichê na TMJ.

Lembram do que eu falei sobre a Dona Morte ter feito o Cebolinha voltar no tempo para evitar a própria morte? Nos gibis, ela já mostrou que é capaz de viajar no tempo, então pode ser que ela tenha ajudado o Xaveco a voltar no passado por alguma razão. Tá, eu sei que é viagem na maionese, teoria maluca, pura doideira... mas até que seria legal se fosse isso mesmo, porque convenhamos: recorrer as máquinas do tempo do Franja já está meio batido e sem graça.

No mais, ainda há perguntas tipo: como Creuzodete irá ajudar a turma a resolver esse problema? Se não me falha a memória, o Emerson tinha falado qualquer coisa sobre ela ter um segredo meio sinistro. Será que vão falar desse segredo nessa história? Já pensou se, numa reviravolta bem maluca, nós descobrimos que ela é a mãe da fadinha? Tá, tá, pura viagem.

A solução desse problema será um trabalho conjunto, com eles trabalhando no mundo dos vivos e o Cebola no dos mortos? Ou somente o Cebola irá agir para derrotar os filhos de Umbra e salvar o dia? Se o Xavecão for mesmo o Xaveco do futuro, ele irá embora depois que tudo acabar? Como o Cebola irá lidar com os filhos de Umbra quando encontrá-los?

Vai lutar contra eles? Fugir? Entrar em um acordo? Comandá-los como aparece na capa? Ele também vai encontrar a menina fada? Será que ela ainda é atormentada pelas sete crianças depois de morta? A festa da Jumenta Voadora ainda vai distribuir comida de graça? Tá, tá, esqueçam a última pergunta. É que eu estou com fome agora.

Ah, e não vamos esquecer que ainda vão aparecer novos personagens, aquelas garotas que apareceram na revista Cascão 94: Bia e Melissa. Só não sei se será na ed. 75 ou na 76.

Ah, uma coisa que me chamou a atenção foi o Absinto, o garoto com um meteoro no lugar da cabeça. Tá, eu confesso que achei meio estranho. Há quem diga que ele tem esse nome porque o absinto é alucinógeno, mas nunca foi realmente comprovado que essa bebida faz as pessoas verem jacarés azuis com bolinhas roxas.

Quando soube o nome dele, de cara lembrei de uma teoria defendida por muitas pessoas sobre um grande planeta que está se aproximando da Terra. Esse corpo celeste tem muitos nomes dependendo da tradição. Os espíritas o chamam de Planeta Chupão ou Planeta X; os babilônios, de Nibiru; os gnósticos, de Hercólobus. E também de Marduk, que é como os sumérios o conheciam. Já na bíblia, no Apocalipse, chamam de Absinto. Dizem que a aproximação desse planeta causaria muitas transformações na Terra. Uns acreditam em grandes catástrofes, outros falam em fim do mundo. Ou simplesmente esse planeta irá levar embora os espíritos atrasados.

Não levem isso a sério e nem fiquem com medo. É só uma lenda. Se tivesse um planetão desse tamanho aproximando da Terra, todo mundo já teria percebido. Só estou falando disso porque pode ser meio que uma pista do que esse garoto faz. Ele pode ser agente de mudanças. Ou então só causa alucinações mesmo, sei lá. Ainda há quem acredite que o absinto faz as pessoas verem coisas. Vai saber...

O bom disso tudo é saber que essa história além de ser boa, será muito bem contada. É uma pena a Panini não permitir sagas, dizem que vendem menos. Geralmente, as sagas tem as melhores histórias porque elas podem ser mais elaboradas e desenvolvidas. Bom... agora só nos resta esperar pela ed. 75, né? Até lá, tem esse quebra-cabeça que eu fiz do Cebola. Confesso que fiquei receosa de refazer esse desenho porque muitos poderiam achar que é de mau gosto. Mas fiquem tranqüilos, eu não fiz isso celebrando a morte dele ou coisa parecida. Apenas achei que seria um bom desenho para refazer, nada mais.

Também tem quebra cabeça e png, embora eu não saiba se vai dar para aproveitar algo assim. De qualquer forma, está disponível.



Ghost de Cebolinha

Sei que muitos devem ter ficado curiosos para ler a história da qual falei nesse post: Teaser da TMJ#75 - Dona Morte vai aparecer!


Eu bem que procurei, sério, mas não achei em lugar nenhum a revista onde tem essa história. Só achei um  blog que mostra algumas páginas e um resumo. Mas é o suficiente para entender direitinho porque tem as partes principais. Para quem quiser procurar, a revista que tem essa história é Cebolinha nº 83 (Editora Globo, 1993).



Você sabia que o Cebolinha já morreu? Foi o que aconteceu nessa história muito lembrada pelo fãs da Turma da Mônica, que teve a participação da Dona Morte. É uma sátira do filme "Ghost - o outro lado da vida", tem 16 páginas e foi publicada em Cebolinha nº 83 (Editora Globo, 1993).
Capa de Cebolinha nº 83 (Ed. Globo, 1993)
A história começa com Cebolinha correndo da Mônica depois de ter aprontado das suas. Então, aparece um barranco e ele para na beira. Ele leva uma coelhada da Mônica e acaba caindo lá de cima. Só que diferente das outras vezes, em que ele caía e aparecia só machucado no quadrinho seguinte, dessa vez realmente ele morre com a queda. Já como espírito e sem saber de nada, Cebolinha continua correndo e bate de frente com um muro, quando ele percebe que atravessou o muro. Ele pensa na hora que virou mágico, mas logo depois vê a Mônica chorando diante do corpo dele e aí ele se dá conta que morreu.

Aparece a Dona Morte e fala ao Cebolinha que veio lhe buscar. Ele pede ajuda à Mônica, mas Dona Morte fala que ela não pode mais vê-lo nem ouvi-lo porque é um fantasma, mesmo não se parecendo um lençol como o Penadinho. Dona Morte fala ainda que ele está daquela forma porque não decidiram se ele vai para o Céu ou para o Inferno. Cebolinha assina o documento de óbito e a Dona Morte o leva para conhecer o Inferno. Lá, o Diabão fala que ele vai pra lá por causa dos planos contra a Mônica e os nós no coelhinho dela e ele fica com medo.

De lá, eles pegam um elevador e vão ao Céu para o Cebolinha conhecer. Enquanto o Cebolinha está olhando, Dona Morte recebe um telefonema com informação que tem que levar a Mônica. Ele ouve e pensa que é a Mônica amiga dele e dá um jeito de ir a Terra através de uma carona de um anjo para poder avisá-la antes. Chegando lá, encontra Cascão e Mônica ainda lamentando a sua morte e tenta dar um jeito de falar com eles. Na hora, Cascão consegue ouvir a voz do Cebolinha e pressente que o espírito do Cebolinha está lá na frente deles. Mônica não acredita no Cascão e o Cebolinha o manda xingar de "baixinha, gorducha e dentuça", mas ela continua não acreditando e Cascão ainda leva uma coelhada.
Cebolinha, então, tem a ideia de pegar o Sansão e o faz levitar e ainda dá nós nele. Mônica vê o Sansão se movimentar sozinho e aí passa a acreditar que o espírito do Cebolinha está lá. Nesse momento surge o Diabão dizendo que ele escolheu o Inferno como o lugar para ficar eternamente por causa dos nós que acabara de dar no Sansão. Quando o Diabão vai lançar um raio que o levaria para o Inferno, Cebolinha empurra e salva a Mônica que iria ser atingida pelo raio devido à má pontaria do diabão. Nisso, Dona Morte chega e vê a boa ação do Cebolinha e fala que vai ao Céu.

Mas antes dele ir ao Céu, ela permite que a Mônica e o Cascão possam vê-lo e tocá-lo pela última vez. Cebolinha se despede deles dizendo que vai sentir saudades e que será mais um anjinho no céu. Dona Morte se emociona com a despedida e, com isso, lhe dá mais uma chance ressuscitando, voltando o tempo um pouco antes da hora que aconteceu o acidente. Então, ele consegue se abaixar e não cai no barranco, só que não esperava que a Mônica iria tropeçar nele e acabar caindo no barranco e morrendo, acontecendo tudo de novo.

Uma história muito boa, com ótimo roteiro que mistura drama e humor. Legal ver que no Inferno precisa de crachá para entrar e no Céu não tem tal burocracia. E a Dona Morte querer um autógrafo do Cebolinha, seu grande ídolo. Uma boa sacada também de colocar o Cebolinha morto na história que foi o tema central da história. Normalmente, quando os personagens caíam dos barrancos nas histórias, continuavam vivos, só com uns machucados e no outro quadrinho já está pronto pra outra. Bem semelhante às histórias do Papa Léguas em que o Coiote caía do abismo e acontecia de tudo e ele voltava ileso, ou até mesmo Tom & Jerry e Piu Piu & Frajola.

Muito boa a participação da Dona Morte na história, eu gosto quando há cross-over entre personagens, ou seja, encontro de núcleos diferentes, claro que sempre na medida certa, e não colocando só por colocar. E não teve uma continuação dessa história. Aparece até um fim com interrogação no final, com a dúvida se a Mônica morreu mesmo ou não, ficando a imaginação do leitor tirar suas conclusões. Claro que nas histórias seguintes do mesmo gibi, ela aparece normalmente viva, como até hoje. "Ghost de Cebolinha" , um clássico da MSP que sempre vale a pena ser lembrada.

Créditos: Marcos em Arquivos Turma da Monica Cebolinha: HQ "Ghost de Cebolinha"
Postagens mais antigas → Início
Recommend on Google