TMJ Awards 2016 - Melhor personagem principal, melhor vilão TMJ/CBM e personagem destaque ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

TMJ Awards 2016 - Melhor personagem principal, melhor vilão TMJ/CBM e personagem destaque


Como vai, pessoal? Estamos de volta com o TMJ Awards 2016. No post anterior eu falei sobre as quartas capas (TMJ Awards 2016 - Quartas Capas TMJ e CBM) e hoje vou opinar sobre as categorias:

Melhor personagem principal
Melhor vilão da Turma da Mônica Jovem
Melhor vilão Chico Bento Moço
Personagem destaque.

Vamos lá?

Melhor personagem principal


Nessa categoria estão os quatro principais: Mônica, Cebola, Magali e Cascão. Bem... a Mônica é minha segunda personagem preferida, então é meio suspeito eu falar dela. Eu gosto da Mônica porque sempre me identifiquei com ela em várias coisas.

Sei que ela não é perfeita, mas é uma pessoa de bom coração, se importa com os outros (as vezes mais do que consigo mesma), amiga fiel e também corajosa. Ela tem um gênio ruim do cão, não nego, mas é o tipo de pessoa que faria qualquer coisa para ajudar um amigo com dificuldades. E ela também é inteligente e até consegue bolar bons planos que funcionam.

Além do mais, ela nunca foi exatamente uma garota dentro dos padrões. Quando criança, era a única menina gordinha da turma, era baixinha e dentuça. Ou seja: era uma menina diferente das outras. E também tem sua grande força física. É bem legal o Maurício ter colocado uma personagem feminina tão forte e poderosa, mas que também tem lá suas fragilidades.


Já o Cebola... bem... ele nunca foi meu personagem preferido, nem na TM, nem na TMJ. Mas confesso que minha birra pelo Cebola diminuiu bastante já que ele tem amadurecido nas últimas edições. Ainda não posso dizer que gosto dele, mas pelo menos consigo tolerá-lo pacificamente.

Ele tem uma personalidade complexa, é inteligente e dotado de uma extraordinária capacidade de causar estragos na humanidade caso tome um caminho errado. Pessoal fala que ele estava sendo vilanizado só porque cometeu alguns erros, mas eu discordo porque apesar de tudo, ele se arrependeu e esforçou para consertar suas burradas (coisa que um vilão de verdade não faz).

Foi bom ver como ele evoluiu de um tremendo pé no saco à alguém com maturidade.

Cascão ultimamente tem sido relegado à secundário, o que é uma pena. É um personagem que poderia render boas histórias caso fosse melhor explorado. Ele ficaria ótimo em histórias de ação, temas esportivos, exploração do mundo nerd ou então em algo mais existencial, onde ele questiona sua capacidade e seu valor.

Também seria legal se ele tentasse salvar seu tio daquela maldição. Não precisa ser feito em uma única edição, pode ser algo feito aos poucos. Se bem que isso mexe mais com o lance da serpente, que é área do Emerson. Mas acho que outro roteirista poderia explorar isso sem mexer na saga principal.

Sem falar que o Cascão tem outros inimigos como Cremilda e Clotilde, ou o Dr. Olimpo que também poderiam ser resgatados das histórias dos gibis de alguma forma.

E finalmente temos o Chico. O que dizer dele? Bem, talvez um tanto perfeitinho demais considerando seu passado de garoto meio preguiçoso, malandrinho e que enrolava para estudar. Mas acho que gosto assim mesmo. 

Apesar de gostar do lance sobrenatural das histórias, fico me perguntando como ele consegue viajar tanto, ir para as montanhas, praia, sei lá mais aonde... mas estudar que é bom mesmo, nada né?


Melhor vilão da Turma da Mônica Jovem


Ah, essa categoria é bem legal. Os candidatos são: Capitão Feio, Górgonas, Pesadelos e Silencioso.

Olha, das Górgonas e dos Pesadelos nem tenho lá grande coisa para falar porque são personagens criados para apenas uma história e fim. Mas o Capitão Feio e o Silencioso são outros quinhentos.

Quer dizer, a atuação do Cap. Feio foi incrível na saga da Torre Inversa. Ele conseguiu nos enganar direitinho se passando por um velhinho indefeso e deixou muita gente na dúvida quanto a sua identidade.

Também foi incrível ver como o passado dele foi explorado, lhe dando mais profundidade e explicando as razões de ele ser o que é e fazer o que faz. As vezes acho que ele ainda tem um restinho de afeto pelo Cascão, embora isso esteja enterrado lá no fundo por causa da maldição. Pelo menos nos gibis ele já mostrou isso algumas vezes, na TMJ nem tanto.

O Silencioso apareceu uma vezinha só, mas foi um vilão para ninguém botar defeito. Cruel, ardiloso, engenhoso, megalomaníaco e com um desejo insano de dominar o mundo. Sem falar que ele é o saudoso Humberto, que nunca apareceu na TMJ. Quem poderia imaginar que esse personagem tomaria um caminho tão inesperado? Fiquei até com um pouco de pena por ele ter sido destruído porque seria interessante vê-lo por aí tocando o terror na turma.

Melhor vilão Chico Bento Moço


Já dos vilões do Chico Moço fica meio complicado de falar porque todos eles tinham sido feitos para uma única edição. Se bem que o da ed. 34 (aquela em que o Chico fica famoso) pode ter sido enviado por um mal maior para desviá-lo do bom caminho, não sei. Já os outros... sei lá.

O traficante de animais era só um sujeito malandro e safado que queria ganhar a vida explorando animais indefesos. A Víbora era uma garota perversa filha do caipiroto que virou um monstro gigante e feio. Victor era um sujeito frustrado com sede de fama e poder. Nada assim que realmente chamasse a atenção.

Personagem destaque.


E aí? Quem se destacou na opinião de vocês? Temos Denise do futuro, Denise do presente, Xavecão e Penha.

A Denise do futuro teve bom destaque porque revelou muitas coisas e descobrimos que ela faz parte de uma trama bem maior e mais complicada, sendo alguém disposta a sacrificar sua vida amorosa para salvar o mundo.

A Denise do presente teve boa participação, sempre trolona debochada. Mas também inteligente e heroica quando precisa.

O Xavecão foi... é... nada demais. Apenas legalzinho e gostei da parte onde ele esmagou o Silencioso.

Já a Penha realmente se destacou a meu ver. Ela me surpreendeu ao trabalhar junto com a turma e não traí-los em momento algum. E também mostrou que é sensível ao tratamento indiferente que seus pais lhe deram. Sem falar que não sabemos ainda qual é a origem do seu poder de controlar pessoas com o olhar. E também tem uma característica do seu olhar do desprezo que ninguém conhecia: se uma pessoa for capaz de vencê-lo, se torna mais forte. Alguém quer tentar?

Eu também achei legal ver que no fundo ela se importa com a Sofia e vê a Agnes como melhor amiga apesar de ser uma criatura bizarra feita de sombras.

E vocês? O que acham dos personagens de cada categoria? Não esqueçam de registrar o seu voto:


0 comentários:

Postar um comentário